Desejos do Facebook

Valeu ...O reconhecimento!

Grata aos seguidores.

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Traí meu marido com um sobrinho seu...II



Olá... Eu sou a Marcela e vou relatar hoje como e quando eu continuei a trair meu marido depois que fui assediada pelo sobrinho dele em uma viagem que fizemos.
Este sobrinho de meu marido é um jovem nerd que está morando em nossa casa.
Seus pais moram no interior e meu marido o convidou a vir morar conosco com alegação que nossa casa é imensa e eu fico muito sozinha, pois o próprio viaja muito.
 Não sabendo ele que na ultima vez que fomos visitar sua irmã a mãe de Tiago nos transamos e agora tenho certeza que não vamos parar de lhe dá sempre chifres.
Trazer um homem para morar em casa não é coisa boa e ainda depois do que houve será pior ainda, mas eu não poderia dizer nada então aceitei pelo menos falta de sexo não irei sentir. Ou vocês acham que eu vou ficar batendo siririca com um cacete sempre disposto no quarto ao lado.
Assim que voltamos do interior eu e meu marido transamos muito. . .Foram três dias de muito sexo, meu marido me fez gozar em sua boca duas vezes seguida. Na noite anterior de sua viagem só não fizemos sexo anal. Nossos gemidos devem ter ecoado pela casa pois vi a luz do banheiro acessa de madrugada.
Pensei deve ser o Tiago batendo uma.
Gozei abundantemente sabendo que meu amante estava corroído de ciúmes se acabando na punheta ouvindo meus gemidos de prazer.
Assim meu marido viajou logo cedo eu dormi até, mas tarde e não vi quando Tiago saiu para seu estágio.
Passei o dia colocando a casa em ordem, saí a tarde fui ao comércio quando passei por uma rua onde havia vários sex shoppings, resolvi entrar e comprar uma fantasia.
Adorei a roupa toda preta com cinta liga e calcinha super transparente, com renda na frente uma máscara e um pequeno chicote.
A mulher gato... Nossa fiquei contando os segundos até chegar à noite.
Quando Tiago chegou e entrei na sala eu estava vendo TV. Ele um pouco de cara amarrada (fechada) veio até o sofá e ia me dando um beijo na face, eu o segurei pelo pescoço e dei-lhe um beijo na boca de língua.
Ele correspondeu, mas notei um pouco de frieza.
Terminado o beijo eu indaguei se havia algum problema?
_Ele respondeu problema? Não por quê?
-Por nada meu querido, depois de alguns minutos ele começou a falar que passou a noite se martirizando ouvindo meus gemidos enquanto transava com seu tio que é meu marido.
-Ah meu amor você precisa aprender a conviver com esta situação, não posso deixar de trepar com seu tio afinal ele é meu marido e isto poderia trazer desconfianças...
-Tiago assentiu e com sorriso frio falou então o corno na estória sou eu!
Como não poderia confirmar nada, mas a situação era até engraçada. Resolvi reverter à situação e fingindo um sem querer apalpei o cacete de Tiago que já estava rígido.
Foi quando eu lhe disse que tinha uma surpresa para ele.
-Surpresa!
 -Oba!
E ele falou toda manhosa Marcela você me mata de tesão passei o dia todo ansiando chegar a casa e ter você todinha para mim.
-Sorri uau Tiago e eu ansiando esperando você chegar para acabarmos com nosso desejo de uma trepada completa, segurou em sua mão levando até o meu quarto.
Tiago meio tímido me perguntou se era isso mesmo que eu queria, respondi isso o que Tiago?
Olha Marcela dá trepada casual em outro lugar é uma coisa e treparem sua casa em sua cama na casa de meu tio é outra coisa.
_E foi dizendo se começarmos seremos amantes para sempre. -Afirmei é isto mesmo que eu quero Tiago nesta viagem que fiz a casa de seus pais eu descobrir meu lado mundano e que não sou de um homem só.Não se preocupe que seu tio ainda vai acabar aceitando.
Enquanto falava a cada minuto sentia mais tesão pedi a Tiago que me esperasse um minuto enquanto iria ao banheiro.
Ele assentiu e entrei sem fechar a porta e de dentro do banheiro ia conversando em ele.
Um minuto Tiago pode ficar a vontade na cama que já volto. E quando eu sai do banheiro vestida  com a roupa da mulher gato toda cheirosa e perfumada Tiago foi a loucura levantou veio  junto a mim e me carregou no colo deixando-me na cama e caiu por cima me beijando com um louco.
Parecia um tarado ensandecido dizendo que era louco por mim, queria eu largasse seu tio para ficar com ele e dizia que eu era gostosa demais. Eu nunca vi tanta avidez em poucos minutos eu estava sem roupas e com as pernas escancaradas e Tiago me chupando como a um louco. Eu me contorcia em êxtase o sexo oral é como um TNT que implode dentro do corpo elaborando mil e uma emoção.
Inevitável seria dizer que não gozei em abundancia deixando expelir meu mel que Tiago sugava saboreando cada gotícula do meu fluido corporal.
Começamos um 69 e Tiago controlava meu corpo, eu estava parecendo uma boneca nas mãos ágeis de Tiago. Quando eu estava por baixo logo em minutos já estava por cima com cacete todo atochado.Parecia um porrete de duro.
Estava louca para saborear seu leite, mas ele controlava-se me deixando cada vez mais extasiada de prazer já tinha gozado duas vezes em abundancia.
Foi quando Tiago me colocou de quatro e beijava meu corpo inteiro, sua boca.
Quente e molhada me deixava como uma louca, depois ele ficou em pé na cama e eu retribui com mais um boquete muito gostoso, eu estava parecendo uma puta profissional, era safadeza demais. Então ele foi ficando atrás e pediu que abrisse bem as pernas, foi forçando seu cacete na entrada do meu anel e com uma das mãos acariciava meu clitóris. E encostava cabeça do cacete e tirava,parecia um castigo eu ansiando receber seu mastro e Tiago ficava me maltratando ate que ele segurou o cacete e apontou  forçando o meu cu sem deixar eu escapar segurou em minha cintura e forçou ate a cabeça entrar.
Eu gritei e comecei a gemer até que ele enfiou tudo em uma só estocada, eu dei um grito e ele começou a meter feito um louco, ficou bombeando todos os mais forte, aquelas sensações eram uma delicia, a dor desapareceu por encanto.
 Coloquei uma das mãos atrás para ver até onde Tiago tinha metido seu majestoso cacete e só conseguir apalpar os culhões. Eu estava literalmente com um cacete atochado no rabo e só poderia aproveitar  as sensações maravilhosas que isto me proporcionava com muito gosto.
Quando Tiago sentiu que eu estava relaxada já acostumada com seu cacete começou um vai vem e dizia coisas me chamando de safada gostosa e dava tapas em minha bunda.
Eu rebolava gemendo pedindo, que me enchesse de leite. Quanto mais eu gemia mais tesão Tiago sentia.E logo como um louco alucinado começou a bom bar que o barulho de nossos corpo ecoavam pelo quarto e cada sentimentos de seu cacete  tomava dimensões desproporcionais dentro do meu rabo ,eu estava me sentindo dividida ao meio.
Tiago forçou mais um pouco e comecei a sentir seu cacete se avolumar e logo fortes jatos de esperma eram expelidos de seu cacete dentro do meu rabo.
E assim depois de alguns segundos senti meu cuzinho arregaçado latejando e logo cacete de Tiago sai de dentro de mim.
Até sorrir de ver a quantidade de esperma que tinha na camisinha.
Tiago tirou limpou com um papel toalha e ficamos abraçados, Vir-me-ei e fui limpar aquele cacete delicioso que prazer imenso havia acabado de me proporcionar.
 Claro que ele gemia e dizia que logo estaria recuperado e íamos continuar nossa safadeza.
Menino novo é claro foi mais rápido do que pensei... Saber que eu causava aquele furor  sexual  me dava  tesão.
Logo eu já estava rebolando recebendo aquele cacete na minha xoxota lisinha, depois de ter sido arregaçada no seu cuzinho era evidente que Tiago queria uma foda completa.
E eu nem precisei pedi pois ele já sabe que depois de um gozo eu adoro um bom boquete.
E depois em minutos fudendo minha xoxota Tiago saiu de dentro das minhas coxas e colocou-me em uma posição na cama e tirando a camisinha meteu o cacete na minha boca e sugando e lambendo recebi jatos de leite na garganta.
Meu marido e tio de Tiago sempre evitou fazer isto, fazíamos 69, mas ele jamais gozou na minha boca. Coitado tanto tempo perdido com  falso pudor.
Pois mulher precisa ser uma puta na cama e fora dela uma dama. Pois bem eu sou puta e adoro trepar.Alguém se opõe?

Meu último conto.... de 2013:
 Docecomomel

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Traí meu marido com um sobrinho seu...

Traí meu marido com um sobrinho seu...
Olá... Eu sou a Marcela e vou relatar hoje como e quando eu fui assediada pelo sobrinho de meu marido em uma viagem que fizemos.
Este sobrinho de meu marido é um jovem nerd que frequenta nossa casa. Eu em muitas vezes  o observava,notei que  ele Tiago sempre que estávamos vendo TV ele me olhava e em minutos estava com uma almofada no colo.
Comecei a desconfiar que o jovem ficasse excitado e logo depois sumia da sala indo até o banheiro ou para o quarto de visitas que ele sempre se hospedava.
Ficava curiosa, mas meu marido achava que ele era menino não sabendo ele que já perto de completar 19 anos, claro que ele ficava se masturbando na intenção da esposa do tio.
Como não poderia falar senão iria dizer que é implicância minha pelos seus parentes, então resolvi entrar no jogo da sedução.
Íamos viajar para o interior justamente para o sitio dos pais de Tiago.
Fomos todos nós com meu marido minha sogra sogro e Tiago.
Pelo motivo de maior comodidade minha sogra que é idosa fui ao banco da frente, atrás eu Tiago e meu sogro que quase dormiu a viagem toda.
Durante o trajeto Tiago roçava seu corpo ao meu, se era sem querer ou não eu não sabia definir... Sempre seu braço encostava em meus seios,sentia arrepios de excitação.
Eu tentava disfarçar conversando muito com meu marido e notava que Tiago a cada momento que passava me apertava mais no carro.
Resolvi reverter à situação e fingindo um sem querer coloquei minha mão sobre sua virilha e afastei mais no banco da frente conversando com meu esposo e minha mão permanecia sobre a virilha do sobrinho do marido o Tiago... Que muito safado e inconsequente segurou minha mão forçando a assegurar com firmeza em seu cacete rígido.Meu sogro  ao nosso lado só roncava.Também acordamos de madrugada para viajar.Meu marido conversava ,mas sempre com atenção voltada ao movimento da estrada.Nada percebia o que se passava com sua esposa e sobrinho bem ali na sua presença;
Depois de alguns minutos eu estava com a mão enfiada na calça de Tiago masturbando-o discretamente, que não aguentou e gozou... Minha mão ficou lambuzada de seu leite.
Pensei jovens... Estava tão  bom que não aguentou a pressão.
Limpei minha mão discretamente e seguimos viagem.
Chegando ao sítio fomos recebidos pela minha cunhada e seu esposo.
Tiago olhava disfarçadamente para o colo de meus seios, eu fingia não ver, mas depois da safadeza que fizemos no carro nas barbas do meu marido com toda certeza iria rolar uma boa sacanagem enquanto estivermos no sitio.
E a oportunidade surgiu no dia seguinte a nossa chegada. Minha cunhada a mãe de Tiago no dia seguinte de nossa chegada falou bem que poderíamos ir tomar banho cachoeira, mas hoje tenho compromisso, mas Tiago leve seus tios que mais tarde eu e seu pai encontramos vocês por lá.
Meu marido foi logo respondendo hoje eu quero visitar u amigo que me convidou a provar de sua cachacinha.
_Eu respondi a meu marido ah amor eu não queria ir vocês quando começam a conversar sobre terras demoram horas e está um calor infernal.
-Meu marido respondeu este certo querido você tem toda razão vá com Tiago logo após o almoço eu irei encontrar-me com vocês, bem sabes que conheço a cachoeira de ponta a ponta.
Claro que sabemos que você foi nascido e criado aqui amor, caímos na risada, logo cada qual foi cuidar de seus afazeres. Olhei para Tiago e vi seu sorriso de safado disfarçadamente.
Eu e Tiago colocamos toalhas e coisas para um lanche em uma mochila e seguimos em direção à cachoeira, fomos de motocicleta já que era só nos dois. Antes de sairmos meu marido saiu com seu cunhado para visitar seus velhos amigos. Durante a viagem Tiago segurou em uma de minhas mãos que estava em sua cintura e colocou sobre sua virilha. Seu cacete já estava rígido eu disfarçadamente acariciava,precisava ser disfarçadamente pois ao longo do caminho do sitio até a cachoeira a todo momento encontrávamos algum morador dos arredores e bem sei que  meu marido o tio de Tiago é bem conhecido  ali,onde nasceu e morou até se tornar adulto.
Chegamos e caímos na água que estava um delicia de gostosa, o calor ajudava a temperatura da água estava ótima.
Tiago tomava banho de short, ate estranhei, mas nada disse eu com um biquine bem composto. Eu nadava e mergulhava de um lado para outro depois de um bom tempo ambos tomando banho com olhares cúmplices e as poucas pessoas que ali se encontravam iam indo embora ate que eu e Tiago ficamos a sós. Quando eu senti alguém se posicionando atrás de mim segurando-me pela cintura a rigidez aparente de um cacete latejando encostar-se à minha bunda. Foi quando Tiago tirou seu short e colocou seu cacete latejando entre as minhas coxas.Soltei um pequeno gemido e ele disse abre mais estas pernas gostosa que é agora que você vai sentir a firmeza do meu mastro e veio forçando entre a perna do biquine até que senti a cabeça do cacete encostar-se-á na minha xoxota molhada.
Lentamente cutucava meus lábios vaginais que se abriam quando com uma estocada forte eu senti ser invadida, Soltei um gemido abafado. Tiago riu e dizia ao meu ouvido geme gostoso minha potranca cavaluda que sei que você escandalosa,ouvia sempre você com o corno do meu tio se esbaldando fugindo enquanto eu no quarto perto me esfolava na poeta...Geme safada e com força e vigor estocava seu cacete em minha xoxota sempre puxando meu rosto para beijar ,parecia um ensandecido,apertava meus seios ,minha bunda me beijava e estocava com força.Depois de um bom tempo...obtive outro orgasmo e ouvi Tiago dizer mija no cacete de seu macho safada e senti sua respiração ofegante...Ai pedi que não gozasse dentro de mim...Ah safada quero gozar sim quero fazer neném em tu safada...E forçou  mais acelerando as estocadas despejando um farto gozo no fundo de minha xoxota.Quando senti o calor de seu gozo não aguentei e gozei intensamente...Ficamos atracados por alguns minutos e logo nos afastamos pois ouvimos barulho de um carro que se aproximava.Entre surpresa e alegre avisto ao longe meu marido com os pais de Tiago,este assim que ouviu barulho do carro afastou-se dando mergulhos para disfarçar...Recuperada ouço meu marido falar Marcela saia do sol você esta vermelha e ofegante...
Tem razão amor o sol esta muito quente vai dá um mergulho e vou sair...
É claro que a culpa é do sol quente não dá trepada fenomenal que tinha acabado de dá que me resultou em (3) três maravilhosos orgasmos... Coisa que nunca aconteceu antes entre eu e meu marido....Um caso apensar!

Docecomomel(hgata)
Skype docecomomel2011@hotmail.com
Boas Festas

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Traçando a tia da esposa...





Olá eu sou o Marcos tenho 32 anos sou casado com a Emanuela que é uma gata, nos damos maravilhosamente bem na cama.
Minha esposa é muito gostosa, fogosa e safada.
Sou muito feliz com ela e nestes três (3) últimos anos depois que casei nunca estive com outra mulher.
Moramos perto da casa de minha sogra que é uma senhora viúva e depois que sua filha casou-se comigo para ela não ficar sozinha veio uma irmã sua do interior morar com ela.
E uma mulher solteira já com seus 40 anos.
Eu sempre fico olhando para ela, seus seios pequenos sempre durinhos com os bicos eriçados me dão maior tesão. Sempre fui tarado por coroa, pois minha primeira mulher na adolescência foi uma coroa muito safada que me ensinou a foder gostoso. Saudades...Elsa onde quer que esteja.
Mas a vida tem fases só precisamos entrar de cabeça nas boas fases da vida.
Assim levo a vida de boa, esta semana eu fui à casa de minha sogra consertar o chuveiro e vi a tia de minha esposa apenas de BabyDolly.
Também fui sem avisar.
Ela ficou envergonhada, ao contrario do que senti, pois quando voltei para casa bati uma deliciosa punheta em sua intenção.
Ainda bem que minha esposa estuda de noite e quando ela chegou da faculdade fodemos muito. Mas a tia dela não saia de minha cabeça.
Preciso achar um jeito de tirar uma casquinha, senão fico doido de tesão acumulado por ela.
Mas como sempre afirmo Deus sempre ajuda a seus filhos, e eu sou um agraciado enfim chegou o grande dia.
Minha sogra precisou fazer uma pequena cirurgia e minha esposa foi lhe fazer companhia no hospital, em plena quarta-feira.
Logo à tarde minha esposa me telefona dizendo que...
Teriam que dormir no hospital e para minha alegria minha esposa me pediu que fosse fazer companhia a sua tia, que tem medo de dormi sozinho na casa imensa.
Ainda relutei fazendo charminho, mas minha esposa Emanuela soube me convencer, se é que precisava não é?
-Ah amor me faz favor, te peço... Está certo amor  eu vou ,mas vou ver meu jogo na TV e tomar minha cerveja,claro amor não se incomode você vai está  na casa da sogra.
Eu confesso que estava ansioso e não me arrependo do que fiz naquela noite e ainda faço quando tenho oportunidade.
Quando cheguei falei com a minha tia que iria dormir, mas só depois do jogo, ela se interessou em saber que times iriam jogar eu disse e ela respondeu que iria assistir um pouco até o sono chegar.
-Respondi que seria ótimo, pois teria companhia também. Assim que jogo começou eu já estava na segunda cerveja a  tia de minha esposa começou a tomar uns goles também disse que  seria bom para relaxar,mas que não tem o habito.
-Não se preocupe tia se embebedar toma conta de você afinal estamos em casa não é?
-Sim Marcos estamos nós dois aqui sozinhos em casa.
-E o jogo continua e meu time perdendo eu esbravejava xingava e tomava cerveja, mas observei que minha tia estava mais solta conversava mais... Ai pensei a coroa vai embebedar e vou mandar ver cacete nela.
Já no intervalo do jogo eu fui ao banheiro e deixei a porta aberta quando estava dando minha mijada a tia empurra a porta, instintivamente eu me viro de cacete na mão, ela claro olhou com olhos arregalados.
-Nossa!  Marcos e saiu ligeiro do banheiro.
Demorei um tempo e voltei para sala. Desculpe tia por não ter fechado a porta assustei você?
Claro!Não estou acostumada e ver homens mijando e ainda mais com cacete enorme como o seu... Enorme tia ele é até de tamanho médio.
_Que nada achei enorme bem você sabe que sou solteira e até hoje só tive um homem na minha vida.
-Ah é?
Não sabia, mas porque não teve outros tia, ah Marcos coisas da vida... coisas que não fazemos, mas que quando o tempo passa nos arrependemos.
-Entendo tia eu também só tive duas mulheres, mas sinto excitação por outra inclusive uma que estou louco para transar com ela.
-Mas ela não sabe.
-E porque você não diz a ela, talvez ela esteja sentindo a mesmo, maioria dos homens casados têm amantes, e você não seria exceção.
Verdade tia... falou verdade.
-E ela estando próximo abraçou-a pelos ombros e senti que soltou um arrepio pelo corpo inteiro.
Olhou fundo nos meus olhos e perguntou... Esta mulher que você sente tesão sou eu Marcos?
-Sim tia desde o dia que chegou aqui na casa da sogra que fico louco por você sente desejo... Muito tesão mesmo.Olha como estou excitado!
Sem palavras comecei acariciar seus ombros, beijei-a com carinho senti seu corpo entregue aos carinhos, fui aos poucos desabotoando sua blusa e vi de perto o que sempre imaginei seus seios.
 Aqueles peitos redondinhos e pequeninos com os bicos durinhos, enfim perfeitos para serem apertados acariciados e sugados.
Eu caio de boca naqueles mamilos rosadinhos, ela esfregava com uma das mãos meu cacete, eu mamava e mordiscava de leve e minha querida tia tesuda dava leves gemidos.
Caímos no sofá e o restante das roupas foram tiradas.
Em minutos estávamos fazendo um 69.
Ela começou a chupar meu cacete com força e foi a partir daquele momento que percebi o quanto era gostosa era minha tia.
-Rapaz quanto tempo perdido.
Senti sua xoxota quente escorrer mel em abundancia, eu lambia e chupava ate senti meus lábios estalarem.
 -Ahh Marcos maltrata mais a tia não.
-Eu jamais imaginei que você tinha tesão por mim...
-Ah se soubesse há tempos tinha acabado com esta abstinência. E falava e chupava meu cacete com uma desenvoltura de causar inveja a qualquer  puta.Eu é claro caprichava na xoxota dela. A Safada gozou duas vezes na minha boca, é claro que suguei até a ultima gota.
-Quando vi que estava perto de gozar falei que ia tirar o cacete da boca santa, mas ele pediu leitinho ai não tive como negar a fiz ficar de joelho na cama e mandei ver esporradas de leite nos seios, boca e pelo rosto todo.
-Parecia possuída gemia e engoliu meu leite... Aí que delicia Marcos esta chuva de leite.
Esperei ela limpar meu cacete, que deixou limpinho e brilhante e fomos tomar um banho. Foi no banheiro que rolou a sacanagem.Ela começou a me ensaboar. Logo estava de cacete em riste coloquei suas mãos na parede do Box dei uma leve abaixada e comecei a meter forte e profundamente em sua xoxota, e ela gemia e gritava.
-Vai seu tarado, comi minha xoxotinha, me dá seu leitinho nos quartos da tia dá.
E eu gemia feito um louco e atochava com vigor meu cacete.
Parecia uma puta rebolando com meu cacete todo atochado
-Vou-te foder todinha sua puta!
-Isso fode mesmo safado, fode me come gostoso, sou sua puta sim fode safado!
E antes de gozar me afastei um pouco e com um dedo enfiei em seu rabo. Aí delicia seu rabo latejava mordiscando meus dois dedos...Acelerei as estocadas  e gozamos juntos.
Minha tia parecia uma puta meu cacete nem bem amoleceu ela pediu que tirasse de sua xoxota fogosa e caiu de boca, limpando meu cacete que não deu nem tempo de amolecer já estava pronto pra outra.
Aí vocês imaginam não é?
 Ela me fez ficar deitado e subiu no meu cacete com uma maestria que parecia uma novinha com sede de cacete.
Logo em instantes começou a cavalgar em mim.
Eu adorei, é claro ficar vendo sua xoxota engolindo minha tora em um sobe e desce sem parar ate que usei de malicia e logo estava com meu cacete todo atochado em seu rabo. A safada gemia pedindo para parar,mas não dei ouvidos fodia sem parar por mais de  15 minutos e e logo já tinha gozado naquele rabo litros de leite.
Ela com seu charminho claro que gostou, pois nem bem tinha acabado de gozar senti seu rabo contraindo apertando meu cacete. Ai sim o orgasmo foi completo.
E como dizem panela velha que dá comida boa, eu vou vivendo bem com minha esposa e sempre presente entre as pernas de minha tia.
Que agora é diplomada em sacanagem... Ate me perguntou se eu não tinha um colega para fazer algo juntos nos três.Estou pensando seriamente em convidar o segurança da empresa.Ai ela vai ver o que é bom pra tosse,pois pelo apelido dele já da pra deduzir o que espera...Pois é o meu amigo e segurança de trabalho chama-se João 3 pernas...
Coisas da vida, mas é verdade, pois na empresa rola um vídeo com ele e caso raro... Mas fazer o que não é?
Entregar minha tira para ele ai já sabem depois vou ter um fole pra fuder... Mas se ela quer claro que vou atender seu pedido....

Docecomomel
Vejam meus blogs
Imagem do google

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Minha Chefa me Seduziu... Amei...




Depois do dia que eu estava no arquivo do departamento pessoal e minha chefe me encochou,observei que algo mudou. Eu sempre fui hetéro,mas notava que minha chefa me olhava e sempre passava a língua pelos lábios demoradamente se insinuando. Era algo que estava mexendo comigo.
Ate dois dias atrás eu não cogitava ter contato com outra mulher, mas depois do dia que estava no arquivo arrumando as pastas dos clientes sobre uma pequena escada e minha chefa entrou fechou a porta e me vendo em uma posição meio complicada, sem dizer nada, enfiou a mão sobre a minha saia e apalpou a minha xoxota.
-Com a cara de safada ainda disse, deixa ver se ta gordinha a xaninha da princesa Isabel, apalpou e correu dedo deixando-me perplexa.
E levou ao nariz aspirando o odor da minha perereca.
Eu desci as escadas deixando as pastas sobre a mesa e corri até banheiro.
Meu coração acelerado tomou água e coragem lavou o rosto para disfarçar e sai toda desconfiada e fui para minha mesa.
Como os telefones estão interligados em poucos minutos recebi uma ligação interna, era a minha chefe, pedindo desculpas dizendo que não resistiu e que faz tempo que me paquera... Que se eu quiser ir ate algum lugar para poder conversar com todo respeito.Que o limite quem impõe sou eu!
-Pensei e algo me dizia que a coisa ia ficar séria, a curiosidade a vontade de conhecer o oculto.
Eu concordei que poderíamos ir sim comer algo após o trabalho.
-Nem bem havia concordado logo comecei a receber SMS com mensagens de carinho e uma pitada de erotismo.
-Hum isto me colocou em duvida se deveria ir ou não sair com a minha chefe... E já no final da tarde decidi e fui.
Fomos a um barzinho comemos alguma coisa e bebemos chope, eu já estava no segundo chope e minha chefa também quando ela me falou que tinha espuma no canto dos lábios, eu sem pensar respondi limpe... Mas eu queria que ela limpasse com um guardanapo não com a boca dela.Entre a surpresa e o susto me vi sendo beijada em um local publico.Para minha sorte o barzinho estava em meia luz e quase ninguém viu.
Quando ela tirou seus lábios dos meus falou... Estou ansiosa para beijar-lhe toda...Vamos até meu apê prometo ser cuidadosa.
Aí o tesão tomou conta levantamos pagamos a conta e saímos em velocidade.
Quando entramos no apartamento de Marlene ela deixou a sala com meia luz que dava um clima, mas se e aconchegante, eu sentei em um sofá enquanto Marlene disse que ia tomar uma ducha. E eu fiquei ali observando a sala com uma ansiedade imensa.
E pensava o que eu estava fazendo...
As respostas não chegavam e eu decidi me jogar por inteira viver uma aventura com a minha chefa.
Logo ela surgiu na sala vestida com uma micro saia de couro e uma blusa preta brilhante.
Fiquei observando realmente é muito linda ela, com suas coxas grossas mais ressaltadas pela saia curta.
-Pensei agora é tudo ou nada.
E Ela veio com tudo.
Aproximou-se e me abraçou acariciando meus ombros, logo uma de suas mãos ia descendo ate meus seios.
Os bicos dos seios eriçados e ela ia apertando entre seus dedos e logo meu vestido foi tirado e fomos até o imenso tapete da sala e Marlene me deitou e colocava sua boca em meus seios mamando deliciosamente tirando gemidos roucos de minha garganta.
Era sublime, eu gemia e ela não parava de mamar sua língua brincava com os bicos dos seios e uma de suas mãos percorria meu corpo que queimava como se fosse um fogo.
Ela toda provocante passava a mão sobre a minha xoxota demorando um pouco mais, mas sem introduzir na calcinha. Isto me atiçava eu estava toda lambuzada,minha xoxota clamava por sexo.
E logo sua boca em contato com a minha nos beijávamos com sofreguidão, quando ela disse... Peça meu amor peça para eu te possuir.
-Ah Marlene me possua me faça sua puta vadia, me faça sua mulher!
Sem esperar mais tempo sua boca foi descendo pela minha barriga, com beijos molhados e lambidas leves que me eriçavam deixando-me arrepiada.
E finalmente sua boca parou sobre a minha xoxota e Marlene afastou a minha calcinha e caiu de língua. Chupava minha xoxota,meu grelinho turgido,mamava mesmo ate sair estalos de seus lábios.
Ficou um bom tempo saboreando do meu grelo até que quando já estava no segundo orgasmo comecei a fazer o mesmo que há poucos minutos Marlene havia feito comigo.
Lambi e suguei seu grelo, que era um pouco crescido, mas nada que não pudesse saborear com delicadeza e prazer que é o ponto G da mulher.
Foi algo maravilhoso sentir seu gozo.
Minha primeira chupada em uma mulher e meu primeiro gozo.
Foram gemidos e urros em uníssono.
Relaxamos um pouco e logo voltamos.
Agora já mais sabedora eu chupava e metia um dedo deixando-a mais atordoada de tesão.
Nossa que delicia... Quando Marlene ficou deitada e pediu que sentasse em sua cara fui a loucura.Era bom demais...Não aguentei e gozei novamente.
Invertemos a posição e senti toda sua xoxota escancarada no meu rosto, saboreei cada dobra, cada cm e cada gota de seu mel. Exaustamos em goso.
Depois ficamos abraçadas nos lambendo até que caímos no sono como duas enamoradas só acordei na madrugada com cheiro delicioso de café.
Era Marlene tomada banho e com uma bandeja de café da manhã e um sorriso nos lábios.
Sentei recostei nas almofadas e ela se aproximou e deu-me um beijo.
Sorri para ela e me bateu uma emoção quando ela disse café fresquinho para minha namorada e deu-me um beijo nos lábios. Não Marlene minha boca esta suja...Esta nada,está com gosto do meu tesão,do meu amor por você e sem esperar resposta deu-me um beijo de língua que me tirou o ar.Ainda bem que não trabalhamos no sábado pois fizemos muito sexo e amor pela manha toda.
O tempo foi nos acomodando e eu e Marlene temos nossas vidas em separado, mas temos um grande laço de amor, respeito e muito sexo.
Ainda em sigilo, pois tenho meus cachos e ela sabe disso e respeita minha opção.
Eu é claro a adoro e já me convidou a morar em seu apartamento... Mas ainda estou pensando, namorar é bem melhor que casar. O que vocês acham?
Pois fico na duvida, pois adoro um bom macho e se for morar com ela isto pode mudar e privar minha liberdade, pois eu quero é gozar.



Docecomomel
Comentem por favor.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...